Menu

Chamada para próximo número: VIOLÊNCIA

fevereiro 28, 2019 - Uncategorized


A Revista Campo Aberto torna pública a chamada de artigos para compor seu próximo número, a ser lançado no início de maio de 2019.
O número contará com o dossiê temático “Violência”.
Tema que atravessa a história do Ocidente, mote que organiza desde obras de Homero ou a relação do deus judaico-cristão com sua criação até a produção artística contemporânea. Chave que planifica o pensamento político desde Aristóteles a Ranciére, transeunte na filosofia de Paulo Arantes e Walter Benjamin. Piparote inicial que move a filosofia política moderna e contemporânea de Maquiavel e Schmitt a Rousseau e Adorno, é um tema que percorre as dimensões do poder, da realização da justiça, em especial nos cenários teóricos e práticos da supressão da exploração como forma de metabolização e reprodução da vida social. Manifestando-se também através de dispositivos jurídicos próprios da manutenção interna do Estado de Exceção Permanente dos nossos dias.

O tema perpassa ainda a invisibilização e naturalização de práticas sociais. Em especial nessa periferia verde-amarela do sistema-mundo atravessada por pressupostos autoritários nos diferentes momentos de sua formação, tal como nos ensinam os clássicos de Freyre ou Sérgio Buarque e contemporâneos como Chaui e Kehl – ou ainda os estudos sociológicos como os de Sílvia Viana.
Do racismo velado e misoginia nas folhas de pagamento ao racismo explícito em baculejos e chacinas nas quebradas. Da precarização das relações de trabalho à criminalização de condutas e lutas políticas que desafiem credos fundamentalistas religiosos ou de mercado.

Do encarceramento em massa por equivocada política antidrogas à drogadição e eletrochoques manicomiais. Do elevador de serviço para funcionários à violência difusa que submete o professor e pesquisador silenciado por índices de produtividade. Sem esquecer bandeiras que se pretendem neutras visando impor o silenciamento de tudo o que denuncie a ideologia de formas social-legalmente consentidas de violência.
Com o tema da “violência”, destaca-se um passo além: pensar um mundo sem a violência não é silenciar sobre ela, é pensar e construir as condições da superação de institutos e necessidades assentadas sobre o silenciamento do dissenso. Tudo somado, destaca-se ainda a pergunta: o que é um mundo da pós-violência? Como essa demanda nutre a imaginação conceitual crítica e antissistêmica?

Por fim, destaque-se que a revista sempre conta ainda com a sessão corrente de textos, isto é, aqueles que não participem do dossiê proposto, mas dialoguem com o projeto editorial da revista.
Os textos deverão ser enviados para o endereço eletrônico “[email protected]” impreterivelmente até o dia 14 de abril de 2019.
Obs.: é necessário que os autores atentem à sessão “Como Publicar”, disponível no site da revista (https://www.revistacampoaberto.com.br/).

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of