Menu

A contraviolência em Fanon e Florestan

janeiro 9, 2019 - Uncategorized

Por Paulo Henrique Fernandes Silveira

Sou professor de ensino de filosofia na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. No final do curso de Licenciatura, os alunos fazem um plano de ensino que pode ser voltado para o ensino fundamental, o ensino médio, o EJA ou para um cursinho popular. Nesse semestre, um aluno propôs um curso de filosofia para o ensino médio focado no tema da violência. Na apresentação do seu trabalho, esse aluno, o Leonardo Caetano, argumentou que a violência não foi tomada como um tema central pelos autores clássicos da história da filosofia política.

Para ler o artigo completo clique aqui

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of